segunda-feira, 20 de julho de 2009

Carmina Burana

Ando já há uns dias para colocar esta entrada aqui no blog, mas não tem havido muito tempo...

Há uns 15 dias, (concretamente foi no dia 4 de Julho), fomos ver a "Carmina Burana"... Bom, este "erro" foi propositado, pois esta Noite no Largo de São Carlos, começou precisamente com o esclarecimento sobre o tema da gloriosa Cantata de Carl Orff. "Carmina Burana" não é uma mulher, é um conjunto de poemas medievais, descobertos num convento, relatando alguns episódios da vida monástica, da contemplação, mas tambem sobre as mulheres, a natureza e muitos mais temas que vão discorrendo. Daí, e depois de uma interessante lição de latim ficámos finalmente esclarecidos que tinhamos ido ver os "Carmina Burana"...

Mas, latim à parte, ressaltou logo à chegada, a imensidão de gente, que se espremia literalmente entre a Rua Serpa Pinto e o Largo do Picadeiro. Deste lado, era tanta gente que até o tradicional eléctrico 28 tinha dificuldades em circular.

Ao som dos primeiros acordes da Orquestra Sinfónica Portuguesa, a multidão soube corresponder, com o necessário silêncio para ouvir a entrada "O Fortuna" magnificamente interpretada peloCoro do Teatro Nacional de São Carlos. Ao longo de todo o espectáculo, houve ainda tempo para brilharem o coro dos Pequenos Amadores da Academia de Amadores de Música, bem como as vozes individuais em várias peças de Carlos Guilherme, Diogo Oliveira e Chelsey Schill.

O destaque da noite foi ainda para o encerramento, ao som de novo "O Fortuna", que obrigou os coros a uma repetição, tal era o entusiasmo da massa de gente presente, que não se cansava de aplaudir os Coros, os Solistas e a Orquestra.

Sair, foi quase impossível, e aproveitava-se um automóvel ocasional para seguir atrás dele enquanto "furava" pela multidão.

Foi esta uma excelente Noite no Largo, que é sem dúvida uma iniciativa que esperamos que se prolongue por muitos anos...

Ficam algumas fotos do Ricardo B., a documentar o evento:

6 comentários:

pinguim disse...

Se eu não andasse pela Beira Litoral e em tão boa companhia, não teria faltado.
Abraço(s).

Rough Chef disse...

Tenho a certeza absoluta que andaste muito bem mesmo...

E os "Carmina Burana" não passam apenas uma vez por Lisboa.

Abraços

Daniel Silva (Lobinho) disse...

Também estive lá no sábado. Nunca perco um concerto de Carmina Burana. É tocante.

abraço

Rabisco disse...

Tive pena de não ir ver porque tenho a certeza de que foi realmente muito bom!

Abraço

Rough Chef disse...

Daniel,
Para mim só é pena que estes concertos sejam apenas uma vez por ano, e que tenhamos de estar muito atentos para não os perdermos. E pena tambem que não hajam mais iniciativas como esta...

Rabisco,
É um concerto excelente para quem gosta de música erudita contemporânea. Orff é um dos mestres mais recentes, e sem dúvida insere-se na corrente dos melhores. Mas se fores estando com atenção, possivelmente em breve consegues assistir a um concerto destes.

Abraços

Do You Believe in Angels ? disse...

e eu que gostava tanto de ter ido.... :)

abraços*