terça-feira, 5 de julho de 2011

Lisboa é um penico...

Hoje pelo fim da manhã resolvi experimentar uma questão interessante sobre a mobilidade na cidade de Lisboa. Já por mais que uma vez me apercebi que Lisboa, apesar dos seus altos e baixos, não é uma cidade demasiado grande... E pus-me a andar a pé. Partindo da Alameda D. Afonso Henriques, subindo até à Av. Duque de Ávila, depois seguindo pelas Avenidas até S. Sebastião e daí para o Alto de Campolide, Amoreiras e chegando ao meu destino, Campo de Ourique, apenas passados 45 minutos. Para fazer o mesmo percurso, mas de transportes, o tempo de percurso entre Metro e autocarro é de... Espante-se... 45 minutos. O que me faz reflectir sobre a mobilidade em Lisboa, já que isto é sinal que Lisboa não sendo demasiado grande e que nos permite ir de um ponto ao outro da cidade, desde que com tempo, e por outro lado que, se calhar, a tal prometida e tão badalada mobilidade não estará a funcionar assim tão bem...

Este é o primeiro post que escrevo através do Smartphone, como teste, que se isto funcionar bem, pode ser que volte mais vezes...

3 comentários:

pinguim disse...

Funciona, sim senhor.
Vamos lá a ter mobilidade bloguista!

sad eyes disse...

A questão da mobilidade é pertinente, mas não é assim tão linear. Temos zonas da cidade mais planas e zonas menos planas (e não sendo Amesterdão, tb não é a Covilhã).
Temos uma cidade só em parte coberta por metro, o que não torna a mobilidade igual em toda a cidade(ir do castelo às amoreiras, não é o mesmo que ir do Campo grande ao Saldanha.

Mas há uma coisa que nos faz falta, e muito, que é andar a pé na cidade (e esse era um dos meus planos para este verão).

the winter is coming! disse...

gostei muito do que li;excelente!!!